sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Decisão você pode ter uma



Pela fé, Moisés, apenas nascido, foi ocultado por seus pais, durante três meses, porque viram que a criança era formosa; também não ficaram amedrontados pelo decreto do rei.
Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, preferindo ser maltratado junto com o povo de Deus a usufruir prazeres transitórios do pecado; porquanto considerou o opróbrio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito, porque contemplava o galardão. 
(Hebreus 11:23-26)

  De todos os personagens da Bíblia um dos mais intensos é Moisés, e é sobre ele que pretendo conversar com vocês agora, Moisés sempre foi e sempre será um grande exemplo pra todos nós, a Bíblia fala que Deus viu graça diante de Moisés e que não houve homem maior em ações, nem líder tal como Moisés. Mas agora eu te pergunto será que Moisés sempre foi convicto e fiel dessa forma? Será que Moisés já nasceu predestinado a ser fiel e o líder do povo de Deus?
  Interessante como hoje, muitas pessoas usam suas fraquezas como desculpa para se esconder de Deus ou nunca assumir um compromisso verdadeiro com Deus, alegam que são muito tentadas, que as influencias negativas do mundo são muito fortes, e com isso nunca assumem um compromisso, sempre esperam que Deus venha e tirem elas da situação decaída da qual estão. Mas acontece que “Deus não move uma palha naquilo que o ser humano é capaz de fazer.” E a vida espiritual é exatamente assim, Deus é capaz de perdoar todos os pecados, de resgatar a pessoas do mais profundo abismo, de tornar a pessoas um grande líder ou uma pessoa extraordinária, mas para isso é preciso ela querer.
  Foi por isso que eu citei Moisés. Moisés era filho de Israelitas é bem verdade, mas desde pequeno, ele foi apresentado aos prazeres e circunstâncias da vida, do mundo, que muitas vezes nos afastam de Deus, ainda mais no caso do Egito que era uma terra pagã, ele tinha tudo que uma pessoa poderia querer pra si e facilmente se esquecer de Deus. Mas a bíblia fala que: Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, preferindo ser maltratado junto com o povo de Deus a usufruir prazeres transitórios do pecado.
  E eu queria deixar 2 lições apenas com esse texto. O primeiro é que Pela fé Moisés já sendo homem feito recusou ser chamado filho da filha de faraó. O que eu entendo com isso? Que Moisés optou por isso, ele usou a capacidade de escolha que todos nós temos para decidir e dizer: Eu quero pertencer a Deus e não ao mundo, ele não foi coagido por ninguém, nem forçado a fazer algo, mas ele decidiu não ser chamado filho da filha de faraó e preferiu ser maltratado junto com o povo de Deus a usufruir prazeres transitórios do pecado. E ai vem à segunda lição. Porque Moisés viu que qualquer sofrimento ao lado de Deus é superior do qualquer prazer momentâneo que o pecado traz, o sofrimento ao lado de Cristo é mais sublime que qualquer prazer, porque como o final do texto diz: considerou Cristo por maior riqueza do que qualquer tesouro do Egito. Que você possa ter essa consciência que o primeiro passo na vida espiritual é nós que damos e que os prazeres desse mundo são transitórios e que Cristo é o maior tesouro e Eterno.


Que Deus te abençoe.


Abraço.
Daniel R. Chaves